tag

Capitães da Areia Book Tag (Original)

16:02 Isabela Libório 0

 Hoje, 10 de agosto, é dia de comemorar o aniversário do grande Jorge Amado e, por isso, pretendo fazer alguns posts especiais durante esse mês. Como vocês devem saber, Capitães da Areia - claro, do querido Jorge, leia a resenha aqui - foi um dos livros que mais me marcou e tenho um carinho enorme por ele e seus personagens. 

 Esses dias, meu amigo Yago Vieira - dono do blog Watermelon Street, que é muuuito legal - teve a ideia genial de criar uma tag literária baseada em Capitães da Areia como forma de homenagem e me convidou pra realizá-la. Claro que aceitei e aqui está o resultado, yay! Não esqueçam de conferir o post dele também e, se forem responder à tag, peço que creditem nós dois, hehe. Essa é a primeira vez que crio algo assim e adorei. 

 Criamos as "perguntas" com base em 5 personagens do livro e 3 lugares pelos quais eles passam. Mesmo quem nunca leu pode responder e vai nos deixar bem felizes por isso, espero também que a gente acabe influenciando vocês a lerem essa obra lindíssima. 

1 - Professor: um livro que te trouxe ensinamentos;
 Eu poderia ser bem clichê aqui e citar um livro que sempre é falado no blog, mas escolhi um que li recentemente dessa vez: Extraordinário, da R. J. Palacio. Ele já é conhecido por ter uma mensagem bem marcante e eu duvido que alguém consiga ler sem refletir uma vez sequer. O livro fala de aparências e como temos mania de julgar as pessoas partindo de algo tão superficial. Somos muito mais do que isso, né? Além disso, o mesmo fala muito sobre a marca que deixaremos no mundo quando não estivermos mais aqui e tem muitos quotes maravilhosos. (leia mais)

2 - Doraum livro que te traga conforto, como 
amor de mãe;
 A primeira coisa que passou pela minha cabeça: gibis da Turma da Mônica. Não são exatamente livros, mas ler esses quadrinhos me dá uma sensação muito gostosa de nostalgia e, de algum modo, sinto um certo conforto. Eles me trazem boas lembranças, além de que as histórias realmente me divertem - até hoje -. 

3 - Gato: um livro cuja capa promete mais 
do que a história cumpre;
 Eu realmente achei que essa seria uma pergunta fácil de responder, mas fiquei um tempão olhando minha estante e, curiosamente, não consegui encontrar um livro exato. O mais próximo que consegui chegar foi quando pensei nos livros d'A Seleção, só li os dois primeiros, mas as capas dão uma sensação de que a história tem um certo glamour, me causaram curiosidade. Porém, acabei me decepcionando e achando tudo meio superficial, a autora não entra em detalhes, não descreve os cenários como eu gostaria e a personagem principal... desculpa, mas a America é bem difícil de suportar.

4 - Sem-pernas: um personagem do qual você 
não quis se separar;
 Essa é complicada, viu? Vou roubar um pouquinho e dizer: os personagens d'As Peças Infernais. Ai, gente, não consegui escolher um e eu chorei igual a um bebê no último livro da trilogia escrita pela Cassandra Clare, tanto pelo final quanto por ter que me despedir dos meus personagens favoritos da literatura. Me apeguei DEMAIS a eles e meu coração aperta só de pensar, não vejo a hora de matar a saudade.

5 - Pedro Bala: um livro que tenha te dado coragem pra realizar algo;
 Tentei, de verdade, mas não deu pra evitar e vou citar Pollyanna mesmo, da Eleanor H. Porter. Eu criei coragem pra levantar a cabeça em situações difíceis e pelo menos tentar encontrar uma parte boa e ser otimista com esse livro, exercito o Jogo do Contente há muitos anos e eu juro pra vocês que faz toda a diferença.  

Bônus!

6 - Carrossel: um livro que te fez voltar à infância;
 Quando menor, eu amava assistir aos filmes baseados na obra do Roald Dahl. Tudo bem que só fui descobrir esse ano que "Matilda", "A Fantástica Fábrica de Chocolate" e "James e o Pêssego Gigante" foram todos baseados em livros escritos pela mesma pessoa, mas eles foram extremamente importantes na minha infância e amo até hoje. Pra responder a essa "pergunta", escolhi Matilda, porque ela me lembra ainda mais dos meus tempos de criança por conta dessa paixão por leitura da personagem. Os livros eram sua maior companhia e me identifiquei com isso, além da própria sensação de nostalgia ao ter lido a obra esse ano.

7 - Reformatório: um livro do qual você não via a hora de se livrar;
 Bem, a escolha não foi exatamente um livro que "meu Deus, PRECISO me livrar disso logo", isso aconteceu com alguns que li por conta da escola e acabei não lembrando deles, mas o escolhido foi um livro que eu realmente estava de saco cheio da história por alguns motivos. Escolhi Princesa Adormecida, da linda Paula Pimenta, que é incrível, mas, infelizmente, não me agradou nessa obra. A história pareceu boba demais, com um romance superficial demais e personagens fora da realidade demais, sabe? Leia mais sobre aqui.

8 - Trapiche: um livro para o qual você sempre irá voltar.
 O Circo da Noite, de Erin Morgenstern. Não tem jeito, esse livro me abraça e encanta de um jeito que eu nem sei explicar. É uma história que me faz desejar tanto poder visitar os cenários e poder viver todas aquelas sensações que são descritas lindamente pela autora, além de que muitos personagens são super queridos. Falei muito mais nessa resenha aqui.

Essas são as 8 perguntas da tag e eu espero, de verdade, que tenham gostado, porque eu e Yago fizemos com todo o carinho. Pra terminar, vou indicar algumas pessoas para responderem, fique a vontade pra responder mesmo se não foi indicado ou pra não responder mesmo sendo indicado - ficou confuso? -. Então, gostaria que a Jeniffer Santos do Subindo no Telhado, a Rita Zerbinatti do Cheirando Livros - ela sempre tá aqui, né? haha - e a Lara Melo do Whoisllara - que sumiu, mas tenho esperanças - respondessem também! 

Vocês gosta do Jorge Amado? Já leu algum livro dele? Me conta aí nos comentários e vem amar o Jorge com a gente! 


0 comentários:

Comente para que eu possa saber se gostou ou o que devo melhorar! Dê sua opinião sobre o assunto falado também, se quiser. Sinta-se à vontade. ^-^