she said she said,

E quando as coisas dão certo...

21:28 Isabela Libório 0


Quem acompanha o blog, provavelmente, sabe do meu problema com a matrícula na faculdade - mais especificamente, UFBA - e de como isso estava me desgastando. Pois é, vim aqui falar sobre isso e de como é importante ser persistente, porque eu consegui reverter essa situação e, no momento, sou  - finalmente! - estudante do meu tão sonhado curso de Arquitetura e Urbanismo nessa faculdade. 

 Pra entender melhor a situação se você tá boiando completamente, leia esse post. Bem, com a ajuda e apoio da minha família e amigos, cutuquei os responsáveis por decidir se minha vaga seria ou não devolvida muitas vezes e, depois de uns 8 meses tentando, consegui me matricular na faculdade. Os funcionários já me conheciam de tanto que liguei e apareci por lá! O segundo julgamento - que acontece na própria faculdade, feito por alunos e professores - foi tenso, aconteceu ainda esse mês e eu nem consegui entrar de tão ansiosa que eu estava. Minha mãe foi no meu lugar e, nossa, COMO demorou pra aquele momento passar.

 Quando vi a minha mãe sair pela porta com um sorriso de orelha a orelha e braços abertos eu nem consegui acreditar. Um peso de, sei lá, 2 toneladas havia sido tirado das minhas costas e, dali, já saí recebendo as boas vindas e os parabéns de professores e alunos. Nem preciso dizer que chorei igual a bebê, hehe. 

 É claro que eu e minha mãe já saímos ligando pra todo mundo que sabia da situação pra contar a notícia e o alívio e orgulho por ter tentado ainda me faz sorrir "bestamente". Fiz a minha matrícula na segunda feira passada - 23/03 - e já comecei a ir para as aulas naquele dia mesmo, porque já tinham começado há algumas semanas. E, hoje, há uma semana na faculdade, me vejo super feliz com o que ando fazendo e ainda sem acreditar que realmente deu certo.

 Toda essa situação abriu os meus olhos para algumas coisas. Em primeiro lugar, percebi o quanto eu queria - mais do que imaginava - estudar Arquitetura e passei a valorizar ainda mais essa minha oportunidade. Em segundo lugar, vi como é importante persistir, encher o saco de verdade pelo que é seu e não desistir porque, simplesmente, parece difícil demais. Pode parecer bobo, porém, recuperar essa vaga não foi fácil e muita gente ficou nessa mesma situação, mas não correu atrás. Em terceiro lugar, percebi que tem, sim, muita gente por aí torcendo por mim e ficando feliz com as minhas conquistas, isso me ajudou demais. Então, MUITO obrigada pra você que me apoiou, torceu e acreditou. 


Agora, posso estar meio atolada de assuntos e trabalhos, mas tô muito feliz e com bastante ânimo e energia pra enfrentar isso tudo. Sobre o blog: quero falar sobre o curso lá mais pra frente e vou tentar me organizar pra postar mais! 

Fica o incentivo, então: insista por mais difícil que seja e, se não der certo, você tentou. Além disso, tenho certeza de que você vai ter aprendido muita coisa.


("Pinguim Motivacional": "Você pode fazer isso! Acredite em você mesmo. Trabalhe duro! Continue lutando! Não desista dos seus sonhos. Sorria!")

0 comentários:

Comente para que eu possa saber se gostou ou o que devo melhorar! Dê sua opinião sobre o assunto falado também, se quiser. Sinta-se à vontade. ^-^