livros,

10 melhores leituras de 2014

20:07 Isabela Libório 0

A edição não ficou muito boa, porque não tô com o programa que costumo usar. :(

  2014 tá chegando ao fim e, nossa, que ano! Tanta coisa aconteceu que até parece ter durado muuuito mais do que 365 dias - ou melhor, quase isso, já que ainda não acabou -. Já falei no penúltimo post que não foi um ano fácil, aprendi muitas coisas na marra, levei alguns tapas na cara do "destino", como também vivi momentos maravilhosos e realizei sonhos enormes. Quando penso no começo do ano, nem parece que foi há alguns meses, sabe? 

  Falando do que interessa: até agora, li 35 livros esse ano - se não me engano -, tirando alguns gibis e mangás aleatórios. Bem, não foi tanto quanto eu gostaria, mas nunca mais tinha lido tantos livros em um ano só e, agora, já li praticamente todos que tenho na estante. Muito felizmente, a maioria deles foi incrível! O que levou ao fato de que escolher somente 10 foi BEM difícil, mas eu consegui. Aviso: não estão em ordem de preferência!

O Oceano no Fim do Caminho - Neil Gaiman
(Clique aqui para ler a resenha)

  Quem acompanha o blog já deve saber que esse livro faz parte da minha lista de favoritos. Li no 1º semestre de 2014 e, até hoje, a história e os personagens continuam na minha cabeça. Não que o enredo seja extraordinário, mas o modo de escrever do Neil Gaiman é incrível, tem um quê de auto-biografia e uma pitadinha de terror. Me identifiquei com o personagem principal em alguns momentos e me arrepiei com algumas cenas, deu muita vontade de entrar na história e fazer alguma coisa pra ajudar. O livro é lindíssimo e surpreendente.

Amanhã Você Vai Entender - Rebecca Stead
(Clique aqui para ler a resenha)

  Esse foi um livro que comprei meio sem saber o que esperar e comecei a leitura sabendo praticamente nada da história. Acabou que li em um dia só, porque a escrita era tão fluida e o mistério tão intrigante que não conseguia largar. O final me surpreendeu muito, fiquei boquiaberta com o desfecho e, também, não esqueci até hoje. É bem fácil de ler, então recomendo pra qualquer pessoa. Eu amo histórias que misturam Filosofia e reflexões sobre o tempo com coisas do nosso dia a dia, sou fascinada por esses assuntos e esse livro trata muito de ambos.

Mentirosos - E. Lockhart
(Clique aqui para ler a resenha)

  Acho que esse foi um dos livros mais falados do ano na blogosfera e não é à toa, viu? Tanta gente disse que era incrível que eu não aguentei de curiosidade e comprei logo que pude. Li no maior desespero e fiquei completamente chocada com o quão incrível ele é. A história faz a gente dar nada por ele, é aquele enredo bem raso mesmo, mas a escrita da autora é cheia de metáforas, muito bem pensada e, além de tudo... o desfecho é sensacional. Ficamos curiosíssimos pra descobrir o mistério durante toda a leitura e nossas expectativas são superadas. Maravilhoso!

Bubble Gum - Lolita Pille
(Clique aqui para ler a resenha)

  Eu não ia colocar esse livro na lista por não ter curtido o modo de escrever da autora, mas o desfecho dele me surpreendeu tanto que achei que não deveria deixar passar. Foi diferente de tudo que já li, meio melancólico demais, pesado demais, só que valeu completamente a pena. A autora deu alguns nós no meu cérebro e vocês já sabem que adoro quando isso acontece nas histórias, foi difícil, mas esse é um grande exemplo de um livro salvo pelo seu desfecho.

HP e o Prisioneiro de Azkaban - J.K. Rowling
(Clique aqui para ler a sinopse - pode conter spoilers -)

  Em 2014, resolvi começar a ler - finalmente! - a série de Harry Potter. Já expliquei aqui, mas essa foi uma obra que acompanhei desde a infância pelos filmes e, também, pelos livros - por causa do meu irmão -. Já tinha tentado ler quando menor, mas acabei desistindo na época e agora voltei. Agora, tô terminando o quarto livro e adorando! Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - terceiro - foi o meu favorito até agora. Li super rápido e, mesmo sabendo por conta dos filmes, me impressionei.

Marina - Carlos Ruiz Zafón
(Clique aqui para ler a resenha)

  Marina já havia sido recomendado mil vezes por uma amiga minha, então comprei com bastante curiosidade. Quando encontrei essa edição em um sebo bem conservada e por um preço legal, não pensei duas vezes. Em primeiro lugar, quero destacar o quão encantadora é a escrita do Zafón, esse foi um dos pontos altos da leitura. O enredo é simples, mas muito bem desenrolado, tem um pouco de terror - que, olha, me arrepiou - e os personagens são encantadores. 


Cidade dos Anjos Caídos - Cassandra Clare
(Clique aqui para ler a sinopse - pode conter spoiler -)

  Como quem acompanha o blog já deve saber, Cassandra Clare é a autora da minha trilogia favorita da vida: As Peças Infernais. Depois de completar a leitura da mesma, resolvi ler outra série da Cassandra: Os Instrumentos Mortais, a mais conhecida. Bem, não me agradou tanto quanto As Peças Infernais nem me fez ficar mega apegada aos personagens, mas o quarto livro - Cidade dos Anjos Caídos - me fez começar a curtir bastante. Além de ter sido uma leitura intensa e cheia de descobertas, alguns personagens da minha série favorita aparecem/são citados, então foi emocionante.

Princesa Mecânica - Cassandra Clare
(Clique aqui para ler a sinopse - pode conter spoiler -)

  Acabei de falar, ali em cima, que a minha trilogia favorita da vida é As Peças Infernais. Princesa Mecânica é o terceiro - e último - livro da série, ou seja, já comecei a ler criando coragem e acompanhada de lencinhos de papel. Foi uma leitura suuuper emocionante, com muitos suspiros, pausas pra respirar e uma certa enrolação pra que não acabasse. Cassandra terminou a trilogia de um jeito INCRÍVEL, quebrou meu coração e colou os pedaços ao mesmo tempo, sabe? Li mais pro começo do ano e tô com muita saudade de tudo, principalmente dos meus personagens queridos.

O Grande Gatsby - F. Scott Fitzgerald
(Clique aqui para ler a resenha)

  Li pouquíssimos clássicos em 2014 - algo que pretendo mudar - e, com certeza, O Grande Gatsby foi o meu favorito deles. A escrita é fluida, moderna e o jeito com que as coisas acontecem é muito natural e interessante. A ideia da história é diferente, passa mensagens lindas e o autor critica a sociedade de modo muito sutil e inteligente. O final é chocante, eu nunca imaginaria e, apesar de triste, foi necessário e o modo certo de selar a história.



Turma da Mônica: Laços - Lu e Vitor Cafaggi
(Clique aqui para ler a resenha)


  Antes de 2014, eu não costumava ler graphic novels, mas desde que surgiram as da Turma da Mônica por conta dos 50 anos desses personagens criados pelo Mauricio de Sousa, comecei a colecionar e não me arrependi. A minha favorita, até agora, foi Laços. Os traços de Lu e Vitor Cafaggi são lindos demais, a homenagem foi lindíssima e me emocionou, principalmente pelo fato de que essa turma teve um papel enorme na minha infância. 


Ufa, acabou! Esses foram os meus escolhidos, agora me contem nos comentários quais os escolhidos de vocês, gostaria muito de saber. Aliás, perdão pelo post estar meio desproporcional, meio torto, é que não tive como consertar uns erros. Espero que tenham gostado mesmo assim! Ainda vou fazer um post de fim de ano, mas... Feliz 2015


0 comentários:

Comente para que eu possa saber se gostou ou o que devo melhorar! Dê sua opinião sobre o assunto falado também, se quiser. Sinta-se à vontade. ^-^