she said she said

Aprendendo a lidar com a ansiedade

21:08 Isabela Libório 0


  Como vocês devem ter percebido, não costumo publicar posts com assuntos mais sérios aqui no blog. Bem, como eu acho que compartilhar/conversar com as pessoas sobre certos assuntos pode ajudar tanto quem fala quanto quem ouve - no caso, lê -, decidi que falaria de assuntos mais diversos por aqui. Aviso logo que vai ser um post bem longo!

  Desde pequena, eu tenho alguns problemas por ser muito ansiosa. Bem, é claro que eu não sabia definir, me achava estranha por isso e sentia que eu era uma pessoa que, simplesmente, "se preocupava demais". Mas era mais do que isso e eu descobri recentemente que o meu caso é, na verdade, a ansiedade mesmo. E não, eu não falo daquele tipo de ansiedade que você sente antes de uma viagem ou de receber a nota de uma prova, falo de algo diário mesmo. Se você é alguém que sempre pensa demais antes de fazer qualquer coisa, preocupa-se demais com o que está por vir, com aquilo que você não pode controlar, não consegue relaxar e pensar no presente... Você é uma pessoa ansiosa. Se você não é assim, que bom! Talvez não entenda as coisas que eu vá falar aqui e ache besteira, mas é algo que atinge muita gente.

  Lembro que eu passava muito mal antes de ir pra alguma festa, apresentar algum trabalho da escola ou quando tinha que fazer qualquer coisa que envolvesse um grupo grande de pessoas. Isso não se resume somente à timidez, eu nunca fui desinibida, mas chegava a ser exagerado o modo com que eu agia e as coisas que deixava de fazer, então era parte por conta da ansiedade. Até quando os meus pais saíam de casa, eu ficava agoniada esperando que chegassem logo e, se passassem do horário combinado, eu entrava em desespero achando que algo de ruim tinha acontecido. Isso é, na verdade, algo que me assombra até hoje, não consigo relaxar quando esse tipo de coisa acontece, meu coração bate muito rápido, fico suando frio e me sinto muito fraca, apesar de que tenho muito mais controle. 

   O ano de 2013 foi bem desafiador pro meu lado ansioso. Por ter sido o meu ano de vestibular e último ano de colégio, 2013 me causou muito estresse, momentos em que eu pensava em coisas ruins sem motivo algum, então ficava ansiosa e com sintomas de pânico. Com tantas provas, pressão e horas de estudo, tive que aprender a lidar com o problema ou acabaria me prejudicando. Pra me acalmar, pensava que tudo aquilo dependia só de mim e que, se tinha estudado e me dedicado, não havia motivo pra me sair mal. Além disso, tirava um tempinho pra ouvir música, assistir a seriados e ler livros, o que me fazia relaxar e esquecer tudo aquilo. Tom  - meu namorado - me ajudou demais e ainda ajuda nessas situações, me tranquilizando diante de tudo isso. ♥ Como desabafo tudo o que sinto, ele sabe exatamente o que fazer e quando é que preciso de ajuda.  

  Muito felizmente, a minha ansiedade anda bastante controlada hoje em dia e isso foi fruto de muitos fatores: quando passei a me cuidar mais e trabalhar toda essa timidez, passei a ser mais confiante e segura, o que me ajudou a superar parte do medo de falar em público, estar em meio a muitas pessoas e ser quem eu realmente sou. Consequentemente, as pessoas pararam de me atingir com palavras - isso envolve timidez, devo fazer um post falando um pouco mais -. Quando penso que algo ruim pode acontecer, paro pra analisar o motivo desse medo e se faz sentido estar me sentindo assim, respiro fundo e tento me distrair com aquilo que me diverte. 

Uma dica de vídeo que me ajudou DEMAIS a controlar a ansiedade - obrigada, Gui! -:


  Você também sofre com ansiedade? Compartilha comigo, isso pode ajudar e pode ter certeza que tô aqui pra dar apoio, já que é algo com o qual ando aprendendo a lidar também!

0 comentários:

Comente para que eu possa saber se gostou ou o que devo melhorar! Dê sua opinião sobre o assunto falado também, se quiser. Sinta-se à vontade. ^-^