traz a pipoca

Um Filme por Semana: Julho

19:41 Isabela Libório 0


   Esse foi o primeiro mês em que participei desse desafio - expliquei um pouco sobre ele aqui - e foi uma experiência interessante! No começo, me senti um pouco "forçada", mas com o tempo foi se tornando algo bem mais divertido e natural. Consegui assistir a uma boa quantidade, apesar de que não foram todos lá muito aclamados - pretendo mudar isso e colocar mais clássicos na lista! -. Não sou muito boa em falar sobre filmes e seus aspectos "técnicos", então contarei somente a minha humilde opinião sobre cada um e deixar o link para que possam ler a sinopse e saber mais sobre a história


 
   Bem, digamos que roubei um pouquinho e coloquei um filme ao qual assisti em Junho, maaaas foi por um bom motivo: é um clássico e eu - shame on me - nunca tinha visto, apesar da curiosidade. Foi aí que surgiu o Clássicos Cinemark, onde todos os cinemas dessa companhia exibem filmes clássicos em dias específicos e, sinceramente, foi uma ideia genial. Fui assistir com meus amigos e meu namorado - é um dos filmes que ele mais gosta, aliás - e não sabia muito o que esperar, além de muito sangue, hahaha. Acabou que me surpreendi, porque gostei bastante e dei muita risada das gírias e das ironias que os personagens trazem. Eu não costumo ver muitos filmes de gângsters, mas foi uma experiência interessante e gostei muito do fato de que foi dividido em vários núcleos, cada personagem com sua história e tudo se junta incrivelmente depois. Sabe quando você vê várias cenas e frases conhecidas pela internet, mas não sabe de onde vêm? Pois é, descobri de onde muitas delas saíram quando vi Pulp Fiction. E o elenco? Nossa, muitos atores incríveis! Importante: a classificação é de +18.



   Eu já tinha vontade de assistir a esse filme há algum tempo por ser um dos favoritos da Bárbara do Letras de Batom, recomendo muuuito o canal dela, aliás. Ele começa de modo estranho, meio que fazendo a análise dos prédios da cidade de Buenos Aires e aí você já começa a perceber que será um filme bem detalhista, o que é algo bom pra mim. Tem um estilo bem interessante, simples, mas de qualidade e sem uma trilha sonora exata, o que passa uma sensação de solidão. Mas é isso que os personagens principais são: sozinhos. O filme faz questão de mostrar o quanto um seria perfeito para o outro, o problema é que nunca se esbarram, mesmo estando no mesmo lugar muitas vezes. E isso é desesperador! Tive vontade de entrar na tela e dar um cutucão neles em vários momentos, mas é isso que faz dele algo tão interessante. A arquitetura é um assunto constante também, o que eu amei. Vale a pena assistir, principalmente pelo fim que, olha, é muito bom. 



   Já começo dizendo que: eu esperava mais. Digo, não muito, porque já tinha ouvido críticas bem ruins. Quando assisti ao filme, eu tinha acabado de ler O Mágico de Oz, então ainda tinha tudo fresquinho na cabeça. O que eu não esperava é: não conta a história de Dorothy, seus companheiros e seu cachorrinho, mas sim a suposta história de Oscar Diggs - conhecido como Oz -, que se tornaria o Grande Mágico. Eu não sei se eles se basearam em algum dos outros 14 livros escritos por L. Frank Baum, espero que sim! Bem, gostei de terem utilizado um recurso que também encontramos no livro tão conhecido: as imagens iniciais são em preto e branco e se tornam extremamente coloridas quando o personagem chega à terra tão famosa. As cenas são muito bonitas, chamativas e detalhadas, o que chama a atenção e me fez querer chegar até o fim. Talvez eu não tenha gostado muito por ter criado expectativas totalmente diferentes e por ter esperado a história do livro que havia acabado de ler. 



   Já falei por aqui que adoro histórias de Rainhas? Acho encantador e ainda pretendo ler muitos livros e ver muitos filmes e documentários sobre a realeza. Vi esse sobre a Rainha Vitória no Netflix e achei que foi um bom começo pra essa minha curiosidade. Fiquei babando pelo figurino durante o filme inteiro, os vestidos são lindíssimos e eu gostaria muito de ter uma desculpa pra sair usando um desses. Bem, eu gostei muito, mas vale destacar que o foco é o romance e não a parte política e coisas do tipo. Eu não sabia disso e fiquei um pouquinho decepcionada, porque eu queria realmente saber tudo o de importante que ela havia feito e um pouco mais sobre os conflitos, mas valeu a pena e o romance é muito bonito. 



   Esse filme é tão famoso e tão bem falado no Tumblr, mas eu - preguiçosa que sou - nunca tinha levantado um dedo pra assistir. Foi aí que Tom resolveu baixar e, finalmente, sentamos pra ver. Por que eu não tinha feito isso antes? Nossa, nós ADORAMOS! O estilo de histórias em quadrinho - até porque o filme foi baseado em uma série de HQs que eu, aliás, quero muito comprar -, todo o exagero em efeitos, cores e o fato de que é uma obra bem musical... Genial! A história é simples, tem um quê meio infantil, mas é tão fascinante! Tem um humor muito bom, fala de assuntos meio polêmicos de modo super divertido e sutil, é maravilhoso. Acabei elegendo como meu filme favorito do mês.



   Fiquei super animada ao saber que mais um filme seria produzido com Adam Sandler e Drew Barrymore como um casal, porque gosto muito de Como Se Fosse A Primeira Vez e esperava que fosse tão maravilhoso quanto. Mas não. Não MESMO. A história já começa no restaurante Hooters, o que me passou, de imediato, a impressão de ser aquele tipo de filme apelativo que usa de muitos decotes exagerados e roupas apertadas para chamar a atenção dos homens e fazê-los acompanhar. O tipo de coisa que eu acho ridículo. Mas enfim, esse não é o único ponto fraco e decepcionante: ele é irritantemente previsível, cheio de estereótipos e força um pouco pra fazer graça. Eu gostei de alguns trocadilhos, devo dizer, gostei dos lugares onde foi gravado também - um hotel super chique na África do Sul, o único 6 estrelas do mundo, foi interessante conhecer um pouco do local -. Se eu veria de novo? Não. O que salvou foi a ida ao cinema junto com uma amiga, minha prima e minha tia, eu estava com muita saudade disso e foi super divertido. Muita gente gostou do filme e achou engraçado, então sua opinião pode ser diferente da minha também!

Me diz aí nos comentários se você já assistiu a algum desses ou pretende! ^-^

0 comentários:

Comente para que eu possa saber se gostou ou o que devo melhorar! Dê sua opinião sobre o assunto falado também, se quiser. Sinta-se à vontade. ^-^